Deus me livre e guarde de você



 Alguns relacionamentos são como vício. Não do tipo bom, como beber 2L de água por dia. São vícios tipo nicotina. Impregnam a mente, o juízo, a razão. A pessoa sabe que não devia, mas vai. Sabe que vai dar "merda", mas tenta. Sabe que vai se machucar, mas arrisca.

 Não está dando certo, só sobram problemas e feridas, mas é um vício, impossível resistir. "Macumba", como diz Rita Lee.

 Então você põe um fim. Chega de sofrer, chega de chorar, chega de implorar. Mas quem disse que o corpo desintoxica? Você acorda e torce para o telefone tocar só para ter o prazer de desligar na cara dele_ mas o telefone não toca. Você espera pelo menos um SMS só para responder com bastante raiva_ só que o SMS DELE não chega.

 Então você pensa em ligar_ se segura_ "só por hoje" não ligo, não mando mensagem, fico invisível no msn, não fuço o perfil no facebook. Mas a madrugada é mãe das recaídas e ao voltar do barzinho onde bebeu todas, pega o telefone e digita o fatídico número. "O que é que tem, até ontem ele me amava..."

 Porém o cretino nem lembra mais da sua voz, e quando se dá conta diz: "Ah! É você?" ... Silêncio do outro lado. Você desliga e chega à conclusão que perdeu o juízo, quer morrer, tomar chá de pirlimpimpim e ir prá outra galáxia, voltar a ser feliz... Por que eu liguei meu Deus? Arrependida jura nunca mais cair no vício.

 No dia seguinte reza: "Deus me livre e guarde de você"... Porque como dizia um amigo meu: "A carne é fraca e o espírito, vagabundo"





9 comentários :

  1. Muito bom. Bom mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Somos fracos, sempre esperando um depois de algo indesejável ou desejável. Porém, somos seres humanos,portanto...temos que sofrer para aprender!

    ResponderExcluir
  3. Certos amores são como vícios, e por mais que o tempo passe e a vida siga, permanecerão sempre num cantinho, como resquícios de um sentimento nem sempre bom, mas que de certa forma nos tornou "dependentes"!

    ResponderExcluir
  4. Escreves com uma leveza de espírito.. nos vicia.. não paro de ler os seus textos. são um achado nesta rede de meu Deus. obrigada por compartilhar seus sentimentos traduzidos maravilhosamente bem neste conjunto de letras sutis. uma fã. Keo Guedes

    ResponderExcluir
  5. Keo: Obrigada pela visita!!! Fico muito feliz com seu retorno, não imagina como me enche de alegria! Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. pois é.. como disse.. vicia.. quase um refúgio para os amantes de letras bem traduzidas.. Keo Guedes

    ResponderExcluir
  7. Fabíola, há tempos acompanho suas postagens, mas somente hoje resolvi comentar aqui. Me encanto com tudo que você escreve, talvez porque me identifico muitíssimo com seus textos. É quase sempre como se você escrevesse para mim. Me vi descrita neste texto,como me vi em muitos outros também. Que você continue espalhando preciosidades por aí.

    ResponderExcluir
  8. Fabíola, amo o que você escreve! Diz tudo que gostaria de dizer e não sei me expressar. Lindo demais.

    ResponderExcluir